quinta-feira, 12 de julho de 2012

Just a Dream - 10° capitulo


                                       Nosso primeiro " eu te amo ".

" O que é prometido deve ser cumprido... "

_ ... quer ser minha namorada? – Justin sorriu fofo e abriu uma caixa vermelha com um anel.
Meu coração acelerou, minhas mãos soaram...
É, eu estava apaixonada.
_ Sim, eu aceito. – sorri e o abracei. Ele colocou o anel em um dos meus dedos.
Nos beijamos.
Seu beijo agora estava diferente, estava mais apaixonado...
Ele parou e me fitou.
_ Prometo nunca deixar você ir.
_ Prometido. – lhe dei um selinho.
Sorrimos.
Nos sentamos na areia e ficamos olhando as estrelas.
[...]
Chegamos ao condomínio e saímos do carro.
_ A noite foi perfeita Justin... – falei.
_ Agora tudo ao seu lado vai ser perfeito. – ele sorriu.
_ Ao seu lado também... – sorri.
_ Te vejo amanhã? – ele me puxou pela cintura.
_ Com certeza. – pisquei pala ele e o beijei – Boa noite.
_ Boa noite.
Abracei-o e entrei em casa. Já eram 23:45.
Minha mãe já estava dormindo. Subi para meu quarto e tomei outro banho
Coloquei um pijama e fui me deitar.
Eu era a garota mais feliz do mundo...
                                                                              ★
▪ 10:00hrs ▪
Sinal de uma sms.
“ Bom dia amor. Te vejo mais tarde. “
                                  Justin
Sorri.
“ Bom dia meu amor. Está bem... “
Tomei um banho rápido e fui para a cozinha.
_ Bom dia mãe. – falei sorrindo.
_ Bom dia filha. O que aconteceu? Está mais feliz...
_ Sim. Estou namorando o Justin. – falei sorrindo.
_ Sério? – ela sorriu – Parabéns, meu bem!
Ela me abraçou.
_ Obrigada! – sorri – Depois te conto tudo.
_ Tá bom. Vou trocar de roupa, já volto. – ela disse e subiu as escadas.
Me sentei na mesa, onde estava Peter.
_ Bom dia! – ele disse.
_ Bom dia. – falei, sem olhar em seu rosto.
_ Parabéns pelo namoro... Mas esse garoto não vai atrapalhar nossa família.
_ Família? A única pessoa que vai atrapalhar as coisas por aqui é você. E se você fizer algum mal à minha mãe ou ao meu namorado, você vai ver. – peguei meu café da manhã e fui para sala.
Senti seu olhar formigando na minha costa.
[...]
Depois que terminei meu café, fui conversar com a minha mãe.
Pensei até em contar para ela sobre as ameaças inúteis do Peter, mas sei que ela não daria à mínima. Ela iria achar que era tudo clichê e blá blá blá.
Enfim...
Hoje eu iria para a casa do Justin.
Fui até meu quarto e tirei meu pijama, colocando essa roupa:

[...]
_ Oi meu bem. – falei para Justin, que me esperava na porta de casa.
_ Oi amor. – ele me beijou.
Sorri.
_ Vamos.
Entrei e ele fechou a porta da sua casa.
[...]
_ Aqui é lindo! _ falei, depois que Justin me mostrou toda a casa – Quantos cômodos têm aqui? – levantei uma das sobrancelhas.
_ Não sei. – ele riu.
_ Onde está sua mãe? – perguntei indo atrás dele até a cozinha.
_ Ela saiu para resolver alguma coisa. – ele respondeu me entregando uma lata te refrigerante.
Fomos para o quintal, onde ficava a piscina. Wow, uma enorme piscina.
Sentei-me numa espreguiçadeira.
_ Vai entrar? – Justin apontou para a piscina.
_ Depois... – me acomodei.
Ele tirou a camisa e pulou na piscina.
Oh, que corpo...
_ Bom, me conta um pouco da sua história, de como começou seu sucesso...
_ Então, minha mãe gravava vídeos meus de quando eu era criança, por causa dos parentes distantes e ela postava no youtube, foi depois de muitos acessos de pessoas diferentes que o Scooter encontrou um vídeo de um cover que eu fiz...
[...]
 Depois que ele me contou toda a história, eu ache simplesmente... incrível!
_ Não tem como não se apaixonar por você, você é admirável. – falei tirando minha roupa e ficando de biquíni. Pulei na piscina.
_ E você é perfeita. – ele disse me puxando junto ao seu corpo.
_ Eu te amo.
Vi seus olhos brilharem.
_ Eu também te amo. – ele sorriu e me beijou.

[...]
_ Aqui fora está frio. – falei me enrolado numa toalha.
Estávamos sentados na espreguiçadeira.
_ Vem, vamos entrar. – ele me deu a mão e entramos.
Fomos assistir à um filme.
Deitamos naquele sofá, confortável.
Justin mexia nos meus cabelos.
Nadar me deixava cansada e com sono, sou estranha.
Depois de um tempo acabei dormindo.
[...]
Acordei com o meu celular vibrando.
_ Oi mãe... - falei meio sonolenta - Tá bom... Vou falar com ele, tá bem? ... Ok, até.
Estávamos deitados no sofá. Aquela sala estava escura.
Justin estava com os braços em volta da minha cintura.
_ Ei Justin, acorda. – falei mexendo em seu cabelo.
Ele dormia feito um anjo.
_ Oi. – ele resmungou.
Ri.
Me levantei e coloquei minha roupa.
_ Você vai jantar lá em casa hoje, minha mãe quer te conhecer melhor. – revirei os olhos.
Ele riu.
_ Ok, eu vou.

                                                     Continua...

Obrigada por lerem minha IB amores, obrigada mesmo.
Espero que gostem e comentem muito, pls :3


Até a próxima, bjs <3

6 comentários:

  1. peeeeeeeeeeeeerfeito mano lindo de mais s2

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. llalalalalalalaalallala que perfeiçãaaaaao lalalalalalalalala CONTINUA

    ResponderExcluir
  4. Omg *---* continua.. sua ib é muito viciante \õ

    ResponderExcluir